A Ameaça à Biodiversidade na Amazônia Oriental (n° 6)

Uhl, C., Bezerra, O., & Martini, A. (1997). A Ameaça à Biodiversidade na Amazônia Oriental. Série Amazônia (Vol. 6, p. 34). Belém: Imazon.
Ações do documento

O objetivo desse trabalho é discutir os impactos do uso dos recursos naturais na biodiversidade animal e vegetal dessa região. Para isso, consideramos as principais atividades econômicas que afetam os ecossistemas terrestres e aquáticos do Pará. No caso dos ecossistemas terrestres, iremos nos concentrar na extração seletiva de madeira, a qual representa uma alteração significativa da estrutura da floresta, e nas aberturas de floresta para a implantação de pastagens, que representam a remoção completa da estrutura do ecossistema florestal. No caso dos ecossistemas aquáticos, nossa atenção estará voltada para as alterações significativas da sua estrutura, ocasionadas pelo processamento de sedimentos dos rios para extrair ouro, bem como para a sua remoção completa, causada pela construção de barragens de usinas hidrelétricas. Ao analisar os impactos dessas quatro atividades na biodiversidade, consideramos os impactos diretos sobre espécies no local da atividade e também os impactos biológicos que podem se estender através do ar ou da água a ecossistemas ainda intocados. Concluiremos este artigo considerando o que pode ser feito para reconciliar os objetivos de desenvolvimento e conservação na Amazônia Oriental.

 

Visualize AQUI a versão online da publicação.

Busca em Publicações
Publicado de até